Jantar Pinheirinho

Amanhã no RDA às 20h, filme e conversa, com um ganda jantar também.

No passado dia 22 de Janeiro, Domingo, a comunidade do Pinheirinho (S.Paulo-Brasil), composta por cerca de 9000 pessoas, foi invadida por efectivos do Comando da Polícia Militar, com o objectivo de os retirar da propriedade que habitam há mais de 8 anos. Apesar dos sinais de intenção dados pelos governos federal e estadual no sentido da sua legalização e da suspensão da reintegração decretada pelo Tribunal Regional Federal, os poderes locais (quer a nível executivo, quer a nível judicial) autorizaram o despejo da comunidade.

A operação ficou marcada por uma violência desmedida, com várias dezenas de detidos e feridos (alguns dos quais graves). Sem qualquer aviso prévio, cerca de cerca de 1,8 mil homens da polícia, auxiliados por 2 helicópteros, usaram gás lacrimogéneo, gás pimenta, cassetetes e até armas de fogo contra os moradores que resistiam.

Activa há cerca de uma década, a comunidade do Pinheirinho foi construída pelos próprios habitantes, pessoas sem tecto que, graças ao seu esforço e à solidariedade de outros tantos, edificaram casas, ruas, praças. A sua área é propriedade da Select S/A, do especulador financeiro Naji Nahas. Antes de ser ocupada, estava abandonada há mais de trinta anos.

E sem esquecer a ganda cicloficina também.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s